quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Cantigas para Ciganos

Pontos de Ciganos (com nomes)

Cigana Bia

Cigana, cigana eu sou>
Sou Bia, do bem e do amor>bis
Com a luz na estrela guia
Ela faz sua magia

Cigana Carmecita da Campina


É das campinas que ela vem pra trabalhar
É a cigana Carmem
Carmencita das campinas
Com a força da lua, do fogo e do sol
Ela vem pra trabalhar
É a cigana Carmem
Carmencita das campinas

Cigana Carmem do Oriente


A estrela da cigana Carmem
Que lá do oriente brilha sem parar
Essa estrela ela traz em seu peito
E toda a umbanda ela vem clarear
Clareia, estrela formosa
Da cigana Carmem que é astro seu
E como uma estrela do oriente
Ilumina os caminhos que cigana acolheu

Cigana Clarita


Clarita cigana da roda
Cigana faceira
Vem me ajudar
Com seu encanto
Tocando pandeiro
Trazendo amor e a paz
Ela é bonita>
Ela é da gira>
Girando, girando>
Vem ajudar>bis


Cigana do Sereno


Cigana, cigana vem
Cigana vem trabalhar
Ela é a Cigana do Sereno
Que vem para seus filhos ajudar
Ela é bonita
Ela é faceira
Gosta de brincos
Colar, muitas pulseiras
Cabelos longos
Pele morena
Até a lua
Admira sua beleza

Cigana dos Ventos


O vento vai trazer uma cigana
Que as flores da campina vão vergar
São uma, são duas, são três flores
De onde seu perfume vai tirar
Quando cheguei na aldeia
Senti um aroma de rosas
Havia uma cigana formosa
Qual cigana eu encontrei
Levanta a saia oh cigana
Não deixe a saia arrastar
A saia custa dinheiro
Dinheiro custa a ganhar

Cigana Juanita


Ela dança pra lua
E também pras estrelas
Trabalha na campina
É cigana faceira
É cigana bonita >
Vem na lei da umbanda>
Ela é Juanita >
Saravá sua banda > bis

Cigana Luana


Dança, dança, dança
Da lua ao sol
Do sol a lua
Lua cheia
Pensam que cansa
Mas a flor da
Cigana Luana
Traz a todos a bonança
Luana, Luana, Luana
Abençoe a todos aqui
Luana, Luana, Luana

Cigana Madalena


Era uma noite de lua
Uma estrela incandescente apareceu
Seu brilho forte
Povo cigano enxergou e logo compreendeu
Era a cigana esperança
A cigana criança
Que chegava
Para ajudar aos filhos seus
Madalena...Madalena

Cigana Mama Rosa


Vem chegando a rosa no terreiro
A rosa do canteiro
Não tem a sua luz
Vem trazendo a cor do seu povo
Amarelo e o roxo,
É o vermelho e o azul
E azul é o céu do cigano>
Mama Rosa chegando>
Me dá sua mão>bis

Cigana Rosa


Numa noite de lua
Uma linda cigana
Passeava na rua
E sorria ao luar
Ela era formosa
Era dona da rosa
Uma linda cigana
Vem o mal desmanchar

Cigana Rosalina


Em uma grande campina
Numa noite de lua
Sentada junto ao fogo
Está a cigana Rosalina
Com a força da lua
Com a força do fogo
Cigana Rosalina
Estende sua ajuda
Cigana Rosalina
Rosalina de sevilha
Cigana da campina
Cigana rosa, Rosalina

Cigana Rosita


Rosita é uma moça bonita
Que usa vestido de chita
E vem para gira
Colar, brinco e pulseira
Pra todos agradar
É a cigana rosita
Que vem pra trabalhar

Cigana Saluma


Saluma, jovem ciganinha
Longos cabelos, lindas trancinhas
A sua dança traz a magia>
Com muito encanto>
E grande euforia>bis
Saluma, jovem ciganinha
Traz pra você a paz
E muita alegria

Cigana Sezanita


Ao som de um violino cigano>
A cigana Sezanita chegou>bis
Dançando uma linda melodia>
Que um cigano apaixonado lhe ofertou>bis
Não sei se era noite>
Ou se era dia>
Só sei que era bela a melodia>bis

Cigana Silvana


Da campina vem Silvana
Pois foram me chamar
Com a força da lua, do fogo e do sol
Seguindo as estrelas ela vem pra trabalhar
Com sua energia ela agora está aqui
Salve silvana que chegou pra trabalhar

Cigana Soléa


De las cuevas de granada
Con el fuego de su raza..
Viene por los olivares
Hilando rayos de plata
Trae la magia de la luna
Y en sus dedos filigranas
La gitana Soleá danzando
Toda la tribu cantando
Gitana... Gitana
Va cortando maleficios
En su chal está el secreto
Caracolas en su pecho
Y en sus manos sortilegios
La gitana Soleá danzando
Toda la tribu cantando
Gitana... Gitana

Cigana Soraia

Soraia você é cigana linda
Aonde estás que você não veio ainda?
Mas ela vem no balanço do mar
Vem das calungas, ela vem beirando o mar

Cigana Tânia


Se você sentir a beleza das campinas
Verá uma cigana junto às flores a rezar
Salve Jesus cristo e a Virgem Maria
Que nos protege, nos ajuda e nos guia
É a cigana Tânia da andaluzia
Saúda seu povo e também vem trabalhar
A cigana Tânia vem trazer sua amizade
Traz felicidade, muita fé, muita emoção
A força cigana nunca vai embora
Fortalece a fé em Deus
E em nossa senhora
A cigana Tânia vai chegar agora
Sua mão amiga dá amparo ao coração

Cigana Zaíra


Cigana, cigana Zaíra
Cigana das sete linhas
Cigana dos andarilhos
Que vem aqui trabalhar
Cigana, cigana Zaíra
Cigana dos encantados
Jogou as cartas na mesa
E disse que vai me ajudar!


Cigana Zoyha

Caminhando pela campina
Vi cigana Zoyha chegar
Trazendo sorte e alegria
Para seu povo contagiar

Cigano Juan

Juan fala de amor
Com violão a tocar
Ele é cigano Juan
Aqui ou em qualquer lugar

Cigano Pablo


Longo foi o meu caminho
Andei nesse mundo, andei
Sou um andarilho
Sou cigano, hoje eu sei
Sei que ao caminhar
Cumpro minha missão
Dou o meu axé
A quem me estender a mão
Todos me chamam
Pablo cigano

Cigano Pablo da Estrada


Corre gira o cigano
Pela estrada sem parar
Seu destino é de andarilho
Mas amor tem pra dar
No perfume da firmeza
No pó da tranqüilidade
Pablo cigano nos dá
Paz e felicidade

Cigano Ramon


Na gira dos ciganos
Ramon vem trabalhar
Ao brilhar a lua
Ele vem cantar        
Na gira dos ciganos
Ramon vem trabalhar
Na força do fogo
Gira mundo sem parar
Na gira dos ciganos
Ramon vem trabalhar

Estrada de luz >
Amores ciganos>
Mistério e magia>
Nas marcas do tempo>bis
Cigano Ramon>
Ele vem cantado>
Com o brilho da luz>
Ele vem trabalhar>bis
Com a força do fogo >
Com a força do vento>
Ele é ouro e prata>
Ele vem ajudar>bis

Cigano Woisler

Pelos caminhos ele irradia>
Toda magia do seu cristal>bis
Galopando, galopando>
Galopando na linha do vento>bis
Cigano Woisler, chefe de aldeia
Os corações ele incendeia
Cigano Woisler sua energia
Transcende a vida
Nos traz a paz
Galopando, galopando>
Galopando na linha do vento>bis

Cigano Woisler chama teu povo
Pra louvação a Sta Sara
Cigano Woisler firma tua gira
Com alegria e muita paz
Cigano Woisler vem e irradia
Toda magia do seu cristal>bis

Cigano, nosso pranto é de alegria
Felicidade é sentir-se livre
De caminhar por esses campos
E sentir a emoção dominar o coração
Nossa gente vai semear
E nesta terra deixar raiz
Nosso amor irá brotar
No coração deste país
Estes campos estão floridos
Com o luar é mais bonito
Lindo sol vai aquecer
Ao chegar o amanhecer
Liberdade vamos crescer
Nesta terra tão querida
Encontramos acolhida
Lutaremos até vencer
Ciganos, um abraço de união
Vamos todos dar as mãos
Finalmente reconhecidos
Nesta terra como irmãos
Liberdade vamos crescer

Cigano, amigo da lua
De noite faz farra, de dia anda na rua
Andar, andar, andar,
Vendendo ilusões para algazu comprar
Porque cigano tem a força da lua
Se você podia, não devias prometer
Se você prometeu, você tem que pagar
Se você não pagar, jamais vai andar

Cigano bate o pé, cigano bate o pé
Cigano entra na roda
Pra salvar filhos de fé
Quem vem de lá
Quem vem de cá
São ciganos que vem bailar

Cigano, tu tens a força da lua
Tu vens aqui na rua
Cantar a tua paixão
Cigano, teus olhos são fascinantes
Arreda todo o mal
Que causa tanto desalento

Deu meia noite o sereno cai
Cai, cai, o sereno cai
Sereno de cigano
Cai, cai, o sereno cai

Linda rosa no jardim amanheceu
Minha mãe está chamando e lá vou eu
Eu sou cigano, eu sou cigano na aldeia
Eu sou cigano e cigano não bambeia

Numa noite de luar
Estão os ciganos a cantar
Numa noite de luar
Estão os ciganos a bailar
Se queres fazer um pedido
Ou fazer uma oferenda
Para o povo cigano
Tem que ser numa noite de luar
Numa noite de luar
Estão os ciganos a cantar
Numa noite de luar
Estão os ciganos a bailar
Os ciganos gostam de viver
Uma vida sempre a caminhar
No sereno está o seu prazer
De cantar numa noite de luar
Numa noite de luar
Estão os ciganos a cantar
Numa noite de luar
Estão os ciganos a bailar

Pisa firme cigano
Quero ver o seu dançar
Pois na roda de cigano
Ninguém pode balançar

Cigana que vem dançando
Que vem dançando
Sua dança de terreiro
Com sua saia rodada
Sua bota prateada
Pra acabar com feiticeiro

Ela é uma cigana faceira, ela é
Ela é das sete linhas
E não é do candomblé
Ela vem de muito longe
Os seus filhos ajudar
Ela vem de muito longe
Saravar neste congá

Eu bem que avisei
Pra você não jogar esta cartada comigo
Você apostou no valete
E eu apostei na dama
Amigo, você não me engana
Essa linda cigana vem
Trabalhar na umbanda

Ganhei uma barraca velha
Foi a cigana quem me deu
O que é meu é da cigana
O que é dela não é meu
A cigana é quem me ajuda
Cá na terra onde estou
Veja como eu estou

Lenita é uma moça bonita!
De saia rodada ela gosta muito
De água borbulhante

Levanta a saia, oh cigana
Não deixa a saia arrastar
A saia custa dinheiro
Dinheiro custa a ganhar

Vinha caminhando a pé, a pé
Para ver se encontrava
Uma linda cigana de fé
Ela parou e leu minha mão, leu minha mão
E disse toda a verdade
Mas eu só queria saber onde estava
Aquela linda cigana de fé

Povo cigano faz sentir sua energia
Com sua magia e alegria de cantar
Com a força do sol e da lua
Eles sabem trabalhar
Povo cigano sabe o segredo
Pra ninguém nos derrubar
  
De longe eu vim
Caminhei sete pedreiras
Passei por cachoeiras
Onde mora aieiê
Lá na campina onde a lua está prateada
Sou cigano na alvorada
Sou cigano, eu sou mais eu

Hoje é noite de lua cheia
Povo cigano vem aí
Vem trazendo seus mistérios
Povo igual eu nunca vi

Quando zambi andou no mundo
Seu cigano segura seu reinado
Olha o espinho da roseira
Cigano não deixa seu filho cair
Olha o espinho da roseira
Cigano não deixa seu filho cair
Todos os ciganos são assim
Giram o mundo sem parar
Gostam de dançar sob o luar
De frente ao fogo a bailar
De frente ao fogo a cantar

Ouçam quem está chegando (palmas)
São os ciganos que estão cantando (palmas)
Vamos todos cantar>
Vamos todos bailar>bis
Com os ciganos
Trabalhar (palmas)

Acampamento do povo cigano
Tem alegria, brilho e liberdade
Tem pedraria, tem pradaria
Povo unido que vive em liberdade
Todos os brilhos do povo cigano
Ele ganhou em sua caminhada
Brilho de sol, brilho de lua
Brilho de zambi que iluminou sua jornada

Oi lua ê, oi lua ê, oi lua
É lua cheia
O povo cigano vem trabalhar

Se meu pai é o rei
O meu pai é Oxalá
Sou o cigano de pemba
Filho da estrela do mar

A fogueira a faiscar
Vamos todos acelerar
A magia é contagiante
Sua presença é constante
Nesta noite de luar
Dançaremos até o raiar
A madrugada está chegando
A fogueira se apagando
A festa já vai terminar
Agora só resta sonhar

Caminhando pela rua eu te vi>bis
Cigana eu me enamorei
Cigana eu me enamorei por ti>bis

Meu gangá não me engana
Meu gangá me falou
Esta moça é cigana
Atotô quem mandou>bis
Santo Antonio entrou na dança
Dança de omolocô
Deu a mão a uma criança
Que era filha de Xangô
No pandeiro fez magia
Pra cigana ler o céu
Toda pérola é guia
No anel de São Miguel
Mas, meu gangá não me engana

Na beira do mar ela desceu
Saldando Oxumaré
Oh ! Cigana criança
Saravá o fogo e o céu


Ao acender uma fogueira
Traz sorte cantar
Destacou-se uma cigana
E alegremente se pôs a dançar
Nesta festa colorida
Esta canção foi escolhida
Novos passos a ensaiar
Até a dança começar
Nossa gente está dançando
Outros pares se formando
A fogueira a faiscar
Vamos todos acelerar
A magia é contagiante
Sua presença é constante
Nesta noite de luar
Dançaremos até o raiar
A madrugada está chegando
A fogueira se apagando
A festa já vai terminar
Agora só resta sonhar

Dizem que bom cabrito não berra
Dizem que povo cigano não erra
Te dei amor
Te dei trabalho
Te dei saúde
Se não era isso, então o que era

Por todos os caminhos
Que meus pés pisaram
Por todas as estradas
De minha jornada
Sou cigano (nome do cigano)
Guerreiro de todas armadas
Com a força da lua, brilho de luar
Cigano é guerreiro, cigano vai lutar

Subida de Ciganos

Oh que lindo cantareiro
Oh que lindo sarirá
Até os passarinhos choram>
Quando os ciganos acenam>
Dizem adeus e vão embora>bis

Se precisar de mim
É só mandar chamar
Os ciganos vão embora
Mas logo irão voltar

Cigano seu perfume é do oriente
Onde tuas correntes iluminam
Segue pois oh cigana minha amiga
Segue, segue os seus caminhos
Traz pra mim os teus perfumes

Maria madalena
Não deixeis ninguém passar!
Vai chegando e amarrando
E leva pras ondas do mar!
É hora, é hora!
É hora, minha irmã!
Maria madalena é quem vos chama para o bem!


Nenhum comentário:

Postar um comentário